Quem sou eu / About me



Pela graça de Deus, por sua infinita misericórdia e bondade, servo do Senhor, buscando fazer o melhor possível, não para agradar aos homens, mas a Deus.

"Remindo o tempo porquanto os dias são maus." (Efésios 5:16)

Vivemos dias em que procuramos agradar ao Pai, cada um da sua maneira, porém, não procuramos saber do que Ele gosta, qual a Sua maneira, o que Ele quer de nós, o que Ele determinou para que pudéssemos agradá-lo.

"Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor."  (João 15:10)

"Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem." (João 4:23)

Hoje em dia se fala tanto em adoração porém não sabemos ao certo o que é adoração. Nem mesmo paramos para pensar o que significa esta palavra. Alguns acham que adorar é apenas cantar, agitar o corpo, mostrar que está alegre, pular, bater palmas, se esquecem que a verdadeira adoração ocorre em
silêncio "em espírito" e de maneira respeitosa, reverente, sincera, sem exibicionismo, sensacionalismo, "em verdade", mesmo porque, o "ALVO" da nossa adoração é DEUS o supremo Criador, Onipotente, Onisciente, Onipresente, que tudo vê, tudo sabe, antes mesmo de pensarmos e agirmos.

Muitos irmãos que nos antecederam, viveram uma vida de inteira dedicação à obra do Senhor. Muitos não são mais lembrados. Isso não importa. Deus sabe quem são e o que fizeram. O que realmente importa é que seus nomes estão registrados no livro da vida.

Valorizar os hinos clássicos, para mim, é buscar resgatar exemplos de servos do Senhor que num passado não muito distante, empenharam-se no sentido de manter e passar adiante, a tocha do evangelho acesa com a chama do Espírito Santo. Este é o único motivo que me impulsiona a dispender horas lendo todos os dias histórias de homens de Deus que até hoje são exemplos a serem seguidos.

Aliás, bons exemplos são pérolas preciosíssimas que estão se tornando cada dia mais raras, exatamente como previu Jesus: "E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará." (Mateus 24:12)

Como confiar, acreditar e dar crédito a pessoas que, em por conta do do "louvor" visam apenas "lucro" com o trabalho que fazem "supostamente" para Deus, se tudo o que desejam é promoção pessoal, cargo e posição? Até pregadores hoje em dia, só pregam se for paga uma determinada quantia em dinheiro, que já está previamente estipulada.

"Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,"

(2 Timóteo 3:2)

Este é o mundo em que estamos vivendo! Por isso, não só os "velhos hinos" da Harpa Cristã, como também de outros hinários, que atualmente classificaram como "clássicos", foram substituídos pelos "louvores" recentes.

Nosso Senhor é o mesmo ontem hoje e eternamente. Ele não muda, jamais! Quem muda é o homem, sempre. Sem dúvida, o mesmo Espírito Santo que operou no passado opera nos dias de hoje. A mesma inspiração que foi dada aos irmãos no passado, são também, dadas nos dias atuais.


O ser humano busca somente satisfação pessoal, aquilo que lhe agrada, a igreja que lhe agrada, a música que lhe agrada, não se importando se está agradando a Deus ou não. Aliás, não admite nem mesmo que seja feita esta pergunta: "Isto agrada a Deus?"

Desde criança ouvi minha mãe dizer: "Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas." (Mateus 10:16)

Agradeço a Deus por tudo que Ele tem feito por mim. Sou grato pelos ensinamentos que tive e ainda tenho, pela vida, pelos pais, pela família, pelos irmãos, pelo trabalho, enfim, por tudo aquilo que me lembro e não me lembro, pelo que sou consciente ou não tenho noção no momento, por tudo que tenho direito mas também por aquilo que devo fazer (deveres e obrigações).

É impossível escrever tudo sobre mim. Aqui está apenas um pensamento momentâneo que não passa de um flash de raciocínio.

 

A paz seja com todos!

 

Benny